terça-feira, 30 de junho de 2009

IDENTIDADE - Quem você é?

Daniel 1:1-16
1 No ano terceiro do reinado de Jeoaquim, rei de Judá, veio Nabucodonosor, rei da Babilônia, a Jerusalém e a sitiou. 2 O Senhor lhe entregou nas mãos a Jeoaquim, rei de Judá, e alguns dos utensílios da Casa de Deus; a estes, levou-os para a terra de Sinar, para a casa do seu deus, e os pôs na casa do tesouro do seu deus. 3 Disse o rei a Aspenaz, chefe dos seus eunucos, que trouxesse alguns dos filhos de Israel, tanto da linhagem real como dos nobres, 4 jovens sem nenhum defeito, de boa aparência, instruídos em toda a sabedoria, doutos em ciência, versados no conhecimento e que fossem competentes para assistirem no palácio do rei e lhes ensinasse a cultura e a língua dos caldeus. 5 Determinou-lhes o rei a ração diária, das finas iguarias da mesa real e do vinho que ele bebia, e que assim fossem mantidos por três anos, ao cabo dos quais assistiriam diante do rei. 6 Entre eles, se achavam, dos filhos de Judá, Daniel, Hananias, Misael e Azarias. 7 O chefe dos eunucos lhes pôs outros nomes, a saber: a Daniel, o de Beltessazar; a Hananias, o de Sadraque; a Misael, o de Mesaque; e a Azarias, o de Abede-Nego. 8 Resolveu Daniel, firmemente, não contaminar-se com as finas iguarias do rei, nem com o vinho que ele bebia; então, pediu ao chefe dos eunucos que lhe permitisse não contaminar-se. 9 Ora, Deus concedeu a Daniel misericórdia e compreensão da parte do chefe dos eunucos. 10 Disse o chefe dos eunucos a Daniel: Tenho medo do meu senhor, o rei, que determinou a vossa comida e a vossa bebida; por que, pois, veria ele o vosso rosto mais abatido do que o dos outros jovens da vossa idade? Assim, poríeis em perigo a minha cabeça para com o rei. 11 Então, disse Daniel ao cozinheiro-chefe, a quem o chefe dos eunucos havia encarregado de cuidar de Daniel, Hananias, Misael e Azarias: 12 Experimenta, peço-te, os teus servos dez dias; e que se nos dêem legumes a comer e água a beber. 13 Então, se veja diante de ti a nossa aparência e a dos jovens que comem das finas iguarias do rei; e, segundo vires, age com os teus servos. 14 Ele atendeu e os experimentou dez dias. 15 No fim dos dez dias, a sua aparência era melhor; estavam eles mais robustos do que todos os jovens que comiam das finas iguarias do rei. 16 Com isto, o cozinheiro-chefe tirou deles as finas iguarias e o vinho que deviam beber e lhes dava legumes.

INTRODUÇÃO
Quantos já tiveram vergonha de mostrar o documento de identidade por algum motivo?
Algumas desculpas: A foto está feia; O ângulo da foto não me favoreceu; eu tinha acabado de acordar; eu era pequeno; Põe o dedo em cima da foto.
Na vida física a identidade revela meu nome, minha característica física, mas no mundo espiritual minha identidade revela quem eu sou.
Muitas vezes temos vergonha de mostrar nossa identidade na vida, por termos vergonha de quem somos, ou por ainda nem sabermos quem nós somos.
Quando a falamos de identidade de instituições como clubes, times de futebol fica mais fácil de entender o conceito: Falamos que tal time é mais técnico, ou outro time é de “catimba” (argentino), ou de garra (Grêmio). Ou seja, ele construiu uma identidade e é identificado exatamente por aquilo.
Assim eu pergunto? Qual a sua identidade? Quando as pessoas olham para você, do que elas lembram?
Quero falar de um jovem que tinha uma identidade muito bem definida, que sabia quem ele era e demonstrou isso desde muito novo até o fim de sua vida.
Daniel e seus amigos tiveram a sua nação (Judá) invadida e devastada pela Babilônia e para lá foram levado cativos. Na Babilônia eles demonstraram com atitudes como alguém que tem a identidade certa e afirmada vive.
Vamos observar e aprender com eles.

1° DECIDA NÃO SE CONTAMINAR (V8)
8 Resolveu Daniel, firmemente, não contaminar-se com as finas iguarias do rei, nem com o vinho que ele bebia;
Daniel e seus amigos foram levados cativos de sua nação e colocados diante do Rei (Aspenaz) para servi-lo e auxiliá-lo.
O rei então determina que eles comam da mesma comida que ele comia e do vinho que ele bebia, ou seja, comida da mesa real.
Se fosse aos nossos dias seria somente coisas do tipo: caviar, filé, salmão, etc...
Em uma rápida observação poderíamos dizer: Que bênção! Como Deus é bom. Foram levados cativos mas irão viver um lugar luxuoso e comendo do bom de do melhor!
Mas Daniel diz: Não! Não vamos comer isso!
Por quê? Por que A Bíblia diz que ele decidiu não se contaminar?
Provavelmente a comida que era servida na mesa do rei era sacrificada aos ídolos, ou então era abençoada pelos sacerdotes idólatras. Aquela comida na verdade era impura.
Aqui eu aprendo algo muito importante, que muitas vezes o que para os olhos é um banquete, na verdade é um lixo diante de Deus.
O mundo e o diabo são mestres em disfarçar o pecado. Ele nunca nos apresenta o pecado com uma aparência ruim, geralmente o pecado agrada os olhos, o paladar.
Às vezes o pecado se apresenta com olhos azuis, boca carnuda, corpo malhado e cabelos ao vento. Contudo, Daniel sabia o que havia por trás do banquete, aquilo iria contaminá-lo.
Quantas coisas você está “consumindo” que na verdade foram sacrificadas a ídolos, a macumbaria, ao satanismo? Quantas músicas e programas de televisão?
Você ainda nem percebeu, mas já estão contaminando a sua alma, mudando quem você é.
Imagine Daniel e seus amigos chegando na Babilônia: havia prostitutas pelas ruas, santuários e altares pagãos em todos os cantos, bebedeiras, devassidão por toda a parte, oficiais e políticos cambaleantes pelas ruas.... era uma sociedade depravada, imoral e cheia de palavrões.
Parece com o mundo em que vivemos não é?
Pois bem, e o que eles decidiram? Eles decidiram não se contaminar.
Eles não iriam viver como aquelas pessoas, não abririam concessão. Todos veriam que eles tinham uma identidade diferente.
Aprenda que identidade é uma questão de decisão. Você deve decidir hoje que tipo de pessoa você será. E mais, decida firmemente! (v8)
Permaneça firme nos propósitos e na vontade de Deus para a sua vida.
Você não deve somente “estar santo” você deve “ser santo”. Santidade não pode estar na sua vida somente durante determinado período, deve ser uma constante, uma marca da sua identidade espiritual.
Estou para conhecer uma geração tão instável na fé que precisa de retiros, acampamentos, vigílias, congressos para aquecer o coração e fazer propósitos diante de Deus, mas depois de uma ou duas semanas se esquece de tudo e cai na mesma vida medíocre e vazia, isso está errado!
Temos que permanecer firmes, temos que decidir não nos contaminar e ponto final.

2° NEGUE OS RÓTULOS DO MUNDO (6-7)
6 Entre eles, se achavam, dos filhos de Judá, Daniel, Hananias, Misael e Azarias. 7 O chefe dos eunucos lhes pôs outros nomes, a saber: a Daniel, o de Beltessazar; a Hananias, o de Sadraque; a Misael, o de Mesaque; e a Azarias, o de Abede-Nego.
Daniel e seus amigos ao chegarem na corte do rei tiveram os seus nomes modificados, veja só:
Daniel: Deus é meu juiz Beltessazar: Príncipe de Bel (Baal)
Hananias: Jeová é misericordioso Sadraque: Amigo do Rei
Misael: Quem é como Deus Mesaque: Quem é como “Aku” (Deus da lua)
Azarias: Jeová é meu socorro Abede-nego: Servo de Nego (representava mercúrio)
Por que eles têm os nomes modificados?
No velho testamento o nome tinha um significado muito importante, pois ele revelava o que a pessoa era, ou de onde tinha vindo ou no que ela cria. Muito diferente dos nossos dias.
O que a babilônia que fazer com Daniel e seus amigos? Resposta: Mudar a sua identidade!
É como se eles dissessem: “Nada desse negócio de Deus é meu juiz, agora é príncipe de Baal”
É isso o que o mundo tenta fazer com a nossa geração até hoje. Mudar a nossa identidade.
Tenta dizer para cada um de nós mentiras sobre quem nós somos de verdade.
Exemplo: Mulheres
Ao invés de você ser conhecida como serva de Deus o mundo quer que você seja conhecida como “gostosa”,como “filé”; o mundo quer que você use roupas curtas e decotadas para ficar exposta como um pedaço de carne no açougue onde os homens podem lhe escolher e comprar a qualquer preço. (Ex: Mulher melancia, mulher caviar, etc.)
Se você tem beleza física saiba que ela foi dada por Deus para que você a guarde para o seu marido e não entregue a qualquer um que te passar uma cantada.
O mundo quer mudar o seu nome de “princesa do senhor” para “corrimão” onde todo mundo passa a mão. Quer mudar de “jóia preciosa” para “qualquer uma”....
Exemplo: Homens
Ao invés de você ser conhecido como “homem de Deus” o mundo quer que você seja conhecida como “saradão”,como “pegador”, o mundo quer que você explore sua sexualidade sem limites, que você seja um “caçador”, quanto mais moças você tem no seu currículo melhor você é.
O mundo não quer que você seja conhecido como “servo do Senhor”, mas servo das drogas, do álcool, da moda.
Contudo a Bíblia diz que nosso nome vale muito e devemos honrá-lo por isso: Mais vale o bom nome do que as muitas riquezas; e o ser estimado é melhor do que a prata e o ouro (Pv 22:1)
Daniel e seus amigos sabiam quem eles eram: 6 Entre eles, se achavam, dos filhos de Judá.
Entenda que você não é mais um, você não é igual a todo mundo você é dos filhos de Judá, você é filho de Deus, você tem um pai que lhe deu um nome e uma identidade abençoada.
A Bíblia nunca chamou Daniel e seus amigos pelos nomes Babilônicos, mas pelos nomes que se referiam a identidade deles diante de Deus.
Talvez você um dia tenha ouvido uma palavra que maculou sua identidade: “seu burro, seu vagabundo, você não presta, você não vai ser nada da vida”, etc.
Negue essa palavra hoje e receba no seu coração o que Deus pensa de você. Você é filho amado, importante, especial, comprado por alto preço!
Assim como Deus mudou o nome de Jacó (usurpador) para Israel (aquele que luta com Deus) Deus também toca em você hoje e afirma a sua identidade no senhor.

3° LEMBRE-SE DA RECOMPENSA (12-15)
12 Experimenta, peço-te, os teus servos dez dias; e que se nos dêem legumes a comer e água a beber. 13 Então, se veja diante de ti a nossa aparência e a dos jovens que comem das finas iguarias do rei; e, segundo vires, age com os teus servos. 14 Ele atendeu e os experimentou dez dias. 15 No fim dos dez dias, a sua aparência era melhor; estavam eles mais robustos do que todos os jovens que comiam das finas iguarias do rei.
Daniel propôs para o chefe dos eunucos que ao invés de comerem as iguarias eles comeriam legumes e água. O chefe não quis, pois ele dizia que eles ficariam fracos e seus rostos abatidos em relação aos outros jovens da sua idade.
Essa conversa do chefe está sendo reproduzida até hoje na nossa geração, é aquele papo que diz: “Cara, para que viver assim? Você está perdendo o melhor da vida!”
Quantos já ouviram isso?
O mundo nos diz que só estamos perdendo com esse “negócio” de ser crente, a gente não pode fazer nada: não dança, não fuma, não bebe, não transa, não, não e não....
Mas Jesus disse que a conversa é exatamente o contrário:
Mateus 10:39 “Quem acha a sua vida perdê-la-á; quem, todavia, perde a vida por minha causa achá-la-á”
Não somos nós que estamos perdendo, são eles.
Jesus está dizendo que o que hoje parece ser ganho amanhã será perda, e o que hoje parece ser perda amanhã será ganho.
Por isso não dê importância quando vierem com essa conversa para cima de você, pois Deus tem uma recompensa para sua vida. É você quem está ganhando em se manter virgem até o casamento, é você quem está ganhando em não abrir mão de seus preceitos.
Daniel e seus amigos também ganharam! 15 No fim dos dez dias, a sua aparência era melhor; estavam eles mais robustos do que todos os jovens que comiam das finas iguarias do rei
Talvez eles também ouvissem dos outros jovens: “vocês estão perdendo, um banquete desses e vocês comendo folha, vocês são uns trouxas”
Mas veja o que o tempo revelou:
17 ¶Ora, a estes quatro jovens Deus deu o conhecimento e a inteligência em toda cultura e sabedoria; mas a Daniel deu inteligência de todas as visões e sonhos.
18 Vencido o tempo determinado pelo rei para que os trouxessem, o chefe dos eunucos os trouxe à presença de Nabucodonosor.
19 Então, o rei falou com eles; e, entre todos, não foram achados outros como Daniel, Hananias, Misael e Azarias; por isso, passaram a assistir diante do rei.
20 Em toda matéria de sabedoria e de inteligência sobre que o rei lhes fez perguntas, os achou dez vezes mais doutos do que todos os magos e encantadores que havia em todo o seu reino.

Viva a identidade eu Deus lhe deu e saiba que o senhor tem nas suas mãos uma recompensa, um céu, uma vida eterna reservada para aqueles que vivem como seus filhos no meio dessa geração perversa.

Pr. Christian Doerzbacher

10 comentários:

  1. Tenho sido edificado por suas mensagens.
    Quero ver contigo se é possivel compartilhar alguns sermoes e estudos comigo dos que nao estao editados no blog.
    Email pr.mauriciosouza@ig.com.br
    Obrigado

    ResponderExcluir
  2. Agradeço muito pela palavra. Vou usá-la como inspiração na ESCOLA BÍBLICA na minha classe hj ak na IEADAM - AMAZONAS. pAZ

    ResponderExcluir
  3. Paz Pastor..
    Que DEus possa lhe abençoa a cada dia, pois seu blog é uma benção...

    ResponderExcluir
  4. ...Para mim se tornou com um inspiração para um seminário!

    ResponderExcluir
  5. Rainan Viana Pinto27 de julho de 2013 17:15

    que o Senhor Jesus ti ilumini cada vez mais.Tova Laila

    ResponderExcluir
  6. Bom dia, Pr.

    Suas mensagens estão edificando minha vida em todas as áreas, principalmente a espiritual. Que o Senhor o retribua com sabedoria e discernimento.

    ResponderExcluir
  7. gostaria de receber sermoes vanja.magali2@gmail.com

    ResponderExcluir
  8. muito bom...parabéns pela inspiração e sabedoria.

    ResponderExcluir
  9. Muito bom!!! BENCAO PURA!!

    ResponderExcluir